Patrocinadores do Corinthians ao longo dos anos

Todos os patrocinadores ao longo dos anos do Corinthians

1982 – Bombril – Surgiu na camisa corintiana apenas para a decisão do título paulista daquele ano, contra o São Paulo. E só nas costas, como exigia a legislação da época.

1983 – Cofap – Foi a primeira marca a ocupar também a frente da camisa, a partir do Campeonato Paulista. Com ela, o Timão chegou ao bi.

1984 – Citizen – Apareceu só no início do Brasileiro.

1984 – Bic – Esteve estampada na camisa por apenas um dia.

1984 – Corona – A empresa ajudou na renovação do contrato de Sócrates.

1985 a 1994 – Kalunga – O mais longo de todos os casamentos: apareceu pela primeira vez na camisa alvinegra num empate contra o Vasco da Gama (2-2), pelo Brasileiro, no dia 27 de janeiro de 1985. E só se despediu quase dez anos depois, no jogo Corinthians 1 x 1 Palmeiras.

1995 a 1996 – Suvinil – Entrou em campo para ganhar um Campeonato Paulista e uma Copa do Brasil.

1997 a 1998 – Excel – Além da publicidade, firmou um acordo mais amplo com o clube, que incluía compra de jogadores e outros investimentos. Vestia o time campeão paulista em 1997.

1998 – DDD/Embratel – Publicidade que entrou para jogar as finais durante o Brasileiro de 1998, contra o Cruzeiro. A estratégia deu sorte: o Timão foi campeão.

1999 a 2000 – Batavo – A resposta corintiana à concorrente Parmalat, do Palmeiras. Estava estampada nas camisas do time bicampeão brasileiro, em 1999, e campeão mundial, em 2000.

2000 a 2005 – Pepsi – Chegou no dia 21 de janeiro de 2000, apenas uma semana depois da conquista do Mundial da FIFA.

2003 – Kolumbus – Chegou no início de 2003, após um acordo da diretoria com a empresa, para que pagasse metade do salário do volante Vampeta, estampou apenas as mangas da camisa e saiu no final do mesmo ano, com seu patrocínio, o Corinthians ganhou o Campeonato Paulista de 2003.

2004 – Siemens – Assim como a Kolumbus, estampou apenas as mangas da camisa e após desacordos com a nova parceria do clube, saiu no mesmo ano.

2005 a 2007 – Samsung – Em 2005, após seis meses sem patrocinio, a parceria Corinthians/MSI acertou com a Samsung. Com ela veio o Tetra Campeonato Brasileiro. Deixou de ser patrocinadora do clube ao abaixar o valor do patrocínio devido à queda da equipe para a Série B.

2008 – Medial Saúde – Atual patrocinadora do clube, paga o referente a 16,5 milhões de reais e tem contrato de um ano.

Você também vai gostar

Jogadores que mais fizeram gols pelo Corinthians Jogadores que mais fizeram gols pelo Corinthians Recorde em número de gols: Cláudio - 306 Baltazar - 267 Teleco - 254 Neco - 239 Marcelinho - 206 Servílio - 199 Luisinho e Sócrates - 172 Flávio - 166 Paulo - 149 Rivellino - 141  
A origem do mosqueteiro do Corinthians Mosqueteiro do Corinthians Três anos após a sua fundação, em 1913, uma divisão no Campeonato Paulista gera os torneios da APEA e da Liga, onde estavam apenas três clubes: Americano, Gêrmania e Internacional. Por isso, ficaram conhecidos como os 'Três Mosqueteiros'. O Corinthians queria entrar na Liga, mas para isso, precisava vencer o Minas Gerais e o antigo São Paulo. Venceu e se juntou ao...
Torcedores famosos do Corinthians Lista dos Torcedores famosos do Corinthians em ordem alfabética Antônio Fagundes - ator Antônio Ermírio de Moraes - empresário Ayrton Senna - piloto de Fórmula 1; tricampeão mundial Badaui - vocalista da banda CPM 22 Bob Burnquist - skatista Bruno Senna - piloto da formula GP2 Cacá Rosset - ator e diretor Carlos Alberto da Silva - Mendigo, apresentador do Panico na TV Celso Unzelte - jo...
Curiosidades sobre o Corinthians O primeiro título do clube não veio do futebol, e sim do pedestrianismo. Batista Boni, João Collina e André Lepre venceram o troféu Unione Viaggiatori Italiani numa corrida de dez quilômetros no Palestra Itália Jô foi o jogador mais jovem a entrar em campo. Foi na partida Corinthians 1 a 0 Guarani, em 19 de julho de 2003. À época Jô tinha 16 anos, 3 meses e 26 dias. O primeiro gol do clube f...
Jogadores que mais jogaram pelo Corinthians Jogadores que mais jogaram pelo Corinthians Em número de partidas: Wladmir - 803 Luisinho - 606 Ronaldo - 601 Zé Maria - 595 Biro-Biro - 592 Claúdio - 554 Vaguinho - 548 Olavo - 514 Idário - 475 Rivellino - 471 Rafael - 456


Deixe uma resposta