Uniformes do Corinthians ao longo da história

Camisa do Corinthians 1990 – Finta e Kalunga

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1990 foi o de número 20, e o primeiro vencido pelo Corinthians.

Pela terceira vez na história do campeonato, a partida final foi disputada entre dois clubes paulistas, com Corinthians e São Paulo repetindo os confrontos de Guarani e Palmeiras em 1978; e de São Paulo e Guarani em 1986.

Nesse ano o Corinthians teve como destaque o meia Neto, que apesar de não ter sido levado a Copa da Itália pela Lazaroni fez a diferença em um time sem muitas estrelas, principalmente na reta final em jogos contra o Atlético MG e Bahia, na final o time que entrou em campo no dia 16 de dezembro de 1990 foi Ronaldo; Giba, Marcelo Djian, Guinei e Jacenir; Márcio (Ezequiel), Wilson Mano e Neto; Fabinho (Marcos Roberto), Tupãzinho e Mauro. Técnico: Nelsinho Baptista.

Essa é uma das camisas mais raras do Corinthians, a chamada mosca branca, pois muitas vezes chega a valer mais do que a camisa usada no Mundial de 2000.

E com esse título a Finta conseguiu um bi-campeonato brasileiro, fato muito interessante para uma marca que nunca esteve entre as tops.

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

 

Camisa do Corinthians 1991 – Finta e Kalunga

A mesma camisa de 90, só que com a estrela de campeão !!

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

Camisa do Corinthians 1992 – Finta e Kalunga

Camisa muito conhecida pela textura de fundo q tinha.

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

 

Camisa do Corinthians 1993-1994 – Finta e Kalunga

Mudou o calção e as meias. 

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

 

Camisa do Corinthians 1993 Especial – Finta e Kalunga

Essa foi criado pelo fanático Washington Olivetto. Reliquia q vale uma boa grana na mão de quem tem uma dessas !!!!

Camisa do Corinthians 1994 Excursão ao Japão – Finta e Kalunga

Essa camisa foi utilizada em apenas 2 jogos em 94, em uma excursão ao Japão. A Kalunga resolveu aproveitar para apresentar sua marca aos japoneses.

Tem uma camisa dessa no Memorial do Corinthians, no Parque São Jorge, vale a pena conferir !!!

Camisa do Corinthians 1995 – Penalty e Tintas Suvinil

Foi usada na final do Paulista de 95, quando derrotou o Palmeiras lá em, Ribeirão Preto. Derrotou o super time que a Parmalat montou, e estragou o tricampeonato que eles buscavam na época.

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

 

Camisa do Corinthians 1996 – Penalty e Tintas Suvinil

Com essa camisa, ganhou o torneio Ramon de Carranza, na Espanha. 

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº3)

(Uniforme nº4)

 

Camisa do Corinthians 1997 – Penalty e Banco Excel Econômico

Inicio da primeira grande parceria, que resultou em um titulo paulista. Começava a se formar o grande time do final dos anos 90.

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

 

Camisa do Corinthians 1998 – Penalty e Banco Excel Econômico

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1998 foi vencido pelo Corinthians, pela segunda vez, repetindo o feito de oito anos antes.
O Cruzeiro chegou pela terceira vez à final (como em 1974 e 1975), mas permaneceu como um dos poucos grandes clubes brasileiros (ao lado do Santos) a nunca ter conquistado o Campeonato Brasileiro. (Este tabu seria quebrado no início do século XXI, para o Santos em 2002 e para o Cruzeiro em 2003).
O time que entrou em campo na terceira partida da final foi Nei; Índio, Batata (Cris), Gamarra e Sylvinho; Vampeta, Rincón Ricardinho (Amaral) e Marcelinho Carioca; Mirandinha (Dinei) e Edílson. Técnico: Wanderley Luxemburgo, o artilheiro em 98 foi Viola, do Santos com 21 gols enquanto a Bola de Ouro foi para Edilson, do Corinthians.

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

 

Camisa do Corinthians 1998 Final – Penalty e Embratel

Na primeira final, o Corinthians entrou em campo com essa camisa, com um Embratel colado grosseiramente em cima do excel, já nas outras duas partidas a camisa já era outra.

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

 

Camisa do Corinthians 1999 – Topper e Batavo

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1999 foi vencido pelo Corinthians que, além de conquistar o seu terceiro título nacional (os anteriores tinham sido em 1990 e 1998), chegou a um raro bi-campeonato consecutivo, assim como o Palmeiras em 1972/73 e 1993/94, o Internacional em 1975/76 e o Flamengo em 1982/83.
O Atlético/MG, que foi o primeiro Campeão Brasileiro em 1971, tornou-se vice-campeão pela terceira vez, mas continuou com apenas um título.
Neste ano, a CBF mudou o critério de rebaixamento, determinando que cairiam para a Série B em 2000 os quatro clubes que tivessem a menor média de pontos nos campeonatos de 1998 e 1999. A complexa forma de contagem de pontos, somada a decisões polêmicas do STJD, levaram o rebaixamento a ser questionado na Justiça Comum, provocando alterações profundas no Campeonato Brasileiro de 2000.
Mais uma vez a final foi decidida em 3 jogos e o campeão entrou em campo assim no terceiro jogo: Dida; Índio, João Carlos, Márcio Costa e Kléber; Gilmar (Edu), Vampeta (Marcos Senna), Rincón e Ricardinho. Marcelinho Carioca (Dinei) e Edílson. Técnico: Oswaldo de Oliveira.
A bola de ouro dessa vez ficou para Marcelinho Carioca, e a artilharia ficou com Guilherme, do Atlético MG, com 28 gols.

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

 

Camisa do Corinthians 1999 Mercosul – Topper e Batavo

Para a disputa da Mercosul, quase todas as equipes usaram um uniforme diferente, esse foi o q o timão usou…

 

Camisa do Corinthians 2000 Mundial de Clubes da FIFA – Topper e Batavo

1º Campeão Mundial de Clubes FIFA.

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

Camisa do Corinthians 2000 Especial 90 Anos – Topper e Pepsi

Camisa comemorativa aos 90 anos de fundação. Mangas três quartos, e com escudo e patrocinio da Pepsi de época.

Camisa do Corinthians 2000 Primeiro Semestre – Topper e Batavo

Usada no Paulistão e na Libertadores.

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

Camisa do Corinthians 2000 Segundo Semestre – Topper e Pepsi

Usada no Brasileirão. Agora com patrocinio da Pepsi.

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

 

Camisa do Corinthians 2001 – Topper e Pepsi

Mais um titulo paulista conquistado. Nesse campeonato, o timão chegou a ocupar a lanterna da competição. Veio o Luxemburgo e junto com Marcelinho, Ricardinho e Luizão, deram a volta por cima. Mais uma vez o titulo foi ganho em Ribeirão Preto. Dessa vez contra o Botafogo-RP.

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

 

Camisa do Corinthians 2002 – Corinthians – Topper e Pepsi

Esse ano o Corinthians usou várias camisas diferentes. Dêem uma olhada !!!

(Copa do Brasil / Rio-SP)

Com essa conquistou a Copa do Brasil, eliminando o São Paulo na semifinal e vencendo o Brasiliense. Tb ganhou o Rio-SP, mais uma vez, em uma semana, o São Paulo.

(Brasileirão)

Com essa disputou o Brasileirão.

(Jubileu de Prata)

Essa foi lançada em comemoração aos 25 anos do titulo de 1977

(3º Uniforme)

Essa foi usada como terceiro uniforme de 2002.

 

Camisa do Corinthians 2003 – Nike, Pepsi e Kolumbus

Venceu mais um paulistão, denovo em cima do São Paulo. O ataque chegou a ser formado por Deivid e Liedson.

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

Camisa do Corinthians 2004 – Nike, Pepsi e Siemens

Esse ano não foi um dos melhores. Correu risco de rebaixamento no paulistão e no brasileirão. E contou com o inicio da parceria com a MSI.

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

(Comemorativa)

Essa foi em homenagem aos 450 anos da cidade de São Paulo.

Camisa do Corinthians 2005 – Nike

No começo do ano, o contrato com a Pepsi tinha termindo, e o timão usou essa camisa sem patrocinio nenhum. Para muitos, a melhor camisa usada pelo Corinthians !!!

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

(Corinthians Sem Racismo)

Essa foi usada na partida contra o Figueirense, pela Copa do Brasil, em 20-04-05. Uniforme exclusivo, foram produzidos somente dois jogos de camisa, somente para esse jogo. Na época, teve várias manifestações contra o racismo.

 

Camisa do Corinthians 2005 – Nike e Samsung
Essa foi usada qdo o contrato foi fechado com a Samsung.

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

—————————————————————————————————————-

Essa foi, a camisa mais bonita que a Nike fez para o Corinthians, começou a ser usada na ultima partida do primeiro turno do Brasileirão, contra o Goiás.

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

Esse ataque foi um dos responsáveis pela conquista do Tetra Brasileiro, Tevez e Nilmar !!!

Camisa do Corinthians 2006 – Nike e Samsung

Essa é a mesma usada em 2005, só que com o escudo da CBF e mais uma estrela no distintivo.

(Uniforme nº1)

(Uniforme nº2)

Utilizada na Libertadores, acabou não trazendo muita sorte tb !!!!

(Libertadores)

———————————————————————————————————-

Essa foi usada no Brasileirão e no Paulista de 2007.
(Uniforme nº2)

Camisa do Corinthians 2007 – Nike e Samsung

Kit feito pelo Nike, poquissimas mudanças na camisa branca e a preta é em homenagem ao time de 1977.
A preta ficou bacana mas esperava mais da branca.

(Uniforme nº1)



(Uniforme nº2)


(Uniforme Alternativo)

(Uniforme nº3 – Paulistão)
Essa foi usada no Campeonato Paulista, como uniforme número 3


Camisa do Corinthians 2008 – Nike e Medial Saúde

As novas camisas do Corinthians.

Kits quase iguais aos da época da Sansung, mudando alguns pequenos detalhes.

Nesse home kit, é a mesma camisa de antes, com o novo patrocinio da Medial Saude, uma camisa bem simples, e que pelo menos não compromete.

(Uniforme nº1)

Essa away já muda alguma coisa em relação a camisa anterior, reparem na listra branca na altura dos ombros…
Pra mim o patrocinio da Medial Saude, ficou melhor aqui do que na branca, que ficou um pouco apagada.

(Uniforme nº2)

Essa é literalmente a camisa da discordia. Parte do novo projeto de marketing do clube, em alusão ao fato de todo corinthiando ser roxo . . .

Sei lá, desagradou muita gente, muitos saudosistas acharam ruim mecher nas cores do clube, muros amanheceram pixados . . . mas o fato é que a camisa é um sucesso de vendas.
(Uniforme nº3 – Corinthiano ROXO!)

Camisa do Corinthians 2008/2009 – Nike e Medial Saúde

Alguns até acertaram os clubes, mais ninguém na ordem certa… Infelizmente tive que colocar o Corinthians em segundo lugar, explico abaixo. As duas camisas são lindas, poucos detalhes fazem com que elas não sejam perfeitas na minha opinião. Nessa branca, mudaria a gola, ela não fica bem em alguns jogadores, deveria ser tipo a gola que a Nike fez para o Boca e Flamengo por exemplo…

b](Uniforme nº1)[/b]

Essa é fantástica só que devido a esse quadrado branco, detalhe tão simples, mas que tirou toda a mística da camisa. Ponto positivo para as listras cinzas quase escondidas ao longo da camisa, deixando quase toda preta…
(Uniforme nº2)

ela podia ter ficado assim……….

(Uniforme nº3 – Corinhiano ROXO!)